terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Portões fechados

Senhor
as mãos trêmulas e insistentes
chamam-te Senhor
os portões a pouco se fecharam
chamam-te Senhor
as luzes fracas faltam lume
os olhos antes vacilantes
já não cedem ao sono
chamam-te Senhor
chamam-te depois do grito
o aviso percorreu vielas
esquinas esperando a hora
que cena triste esse desespero
as mãos insistem nos portões
é tarde
os cães incomodados
latidos, ecos,
passos apressados
brados insistentes tentam outra vez
chamam-te Senhor
portões fechados
olhos abertos, marejados
é tarde
e os portões estão fechados

Camilo Borges

Um comentário:

Amanda Frois disse...

nossa, deu até um arrepio!

saber que vai ser assim quando Cristo voltar e levar APENAS os Seus com Ele.

mas é por isso que devemos ter atitude AGORA.

ainda tá na hora.

bjs ;*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...