terça-feira, 29 de março de 2011

PASSOS NO DESERTO

Por Tua vontade
Nada fazias
Tua vontade e a do Pai
Numa só se unia

Pelo Santo Espírito
Levado ao deserto
Nada sabias por certo
Que sorte Te aguardava
Mas tranqüilo ao Pai Te confiavas

Ali 40 dias isolado
Gente não, só bichos vias
Em oração e jejum dedicado
Por 40 dias pelo Inimigo tentado

A fazer Tua vontade instigado
Dar mostra de super poderes
Comer pão da pedra tirado
Pular de alto abaixo para todos Te verem

Viste nisso indicio de teima
Tentação a Teu Deus
E estavas certo no que discernias
Até que em certo ponto Tua ira irrompeu

Foi quando o Tentador
O mundo Te ofereceu
Em troca de adoração
Então o mandaste virar mundo
Pois só a Deus se deve prostração

Diante de tamanha fidelidade
Mostrada em lugar tão ermo
Teu Pai mostrou a Ti bondade
Por mão de anjos um banquete
Para pessoa tão importante
Que jamais alguém vira antes.

Estes foram Teus passos
Dado em lugar ermo
Confiança em Deus foi o
Teu termo
A lição que Teus passos nos deixa:
Vence que em Deus se deleita.


Poema de Pastor Luiz Flor dos Santos para o projeto do livro Passos de Jesus.

Um comentário:

César Garcia disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...